Cará ou Acará - Peixes da família Ciclidae

Os peixes da família cichlídae são conhecidos como Cará ou Acará, no qual são comuns em lagoas. Os maiores, são as tilápias ou acará, no qual são criados para vendas em tanques comerciais. Já os diversos peixes semelhantes e menores, são os "carás" vulgarmente chamados. Geophagus brasiliensis (tilápia) é o mais comum da família e que alcança maiores proporções, sendo também o mais encontrado. O corpo é alto e comprimido, a cabeça é grande. Boca protátil, lábios espessos, íris do olho de cor amarelo intenso, cruzado por uma lista vertical preta. Corpo com presença de 8 a 9 listras transversais escuras, a primeira parte do alto da cabeça e ultrapassa o olho. Apresenta uma grande mancha escura no centro do corpo. Na época da reprodução, os casais se juntam e preparam o ninho, que é uma pequena escavação feita no fundo das margens da lagoa, onde a fêmea deposita os óvulos e o macho os fecunda. Após, o casal protege os ovos, impedindo que outros peixes se aproximem deles, até que as larvas eclodam e tenham mais ou menos de 15 a 30 dias e possam ter condições de viverem livremente.

A tilápia Geophagus brasiliensis possui hábitos diurnos, preferência por ambientes lênticos e encontra-se amplamente distribuída nos reservatórios brasileiros, onde comumente torna-se uma espécie abundante devido à elevada plasticidade trófica (Abelha & Goulart, 2004).


Esta espécie é mais capturada durante o verão, não há registro de captura durante a primavera.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Você é curioso?

MAIS DESTA CATEGORIA