• Anônimo

    nao foi isso q eu pedi

  • Não entendi!

  • Anônimo

    Muito legal o post, mas achei que faltou explicar o circuito pulmonar e sistemico dos répteis e falar sobre a mistura do sangue venoso e arterial que ocorre nos anfibios e na maioria dos répteis!

  • Muito bom seu comentário! Porém este assunto se enquadra melhor num post sobre o sistema circulatório, por isso não citei aqui. Vou postar sobre o sistema circulatório! ;)

  • Anônimo

    muinto bom

  • Anônimo

    Não entendi nada

  • Anônimo

    NADA QUE EU PEDI.

  • Se não entendeu, me contate pelo facebook, te explico. Abraço!

  • Anônimo

    Ta legal, ms falta algumas coisas, voce tem que descer mais as minúcias na parte das aves. Mas nao esta ruim nao, so falta melhorar algumas coisas.

  • Sinto muito.

  • Obrigado! Mas o post é sobre répteis e anfíbios amigo! kkk
    Em breve faço um das aves!

  • Anônimo

    QUANDO VOCÊ PROCURA NO GOOGLE SOBRE SISTEMA RESPIRATÓRIO DAS AVES, O SEU SITE É O PRIMEIRO QUE APARECE, ENTÃO MEIO QUE ENGANA VARIAS PESSOAS(EU SEI DISSO PQ AMIGOS MEUS FALARAM TBM A MESMA COISA), MAS OK.

  • Pois então amigo, não é minha culpa, é do Google, porque esse post já teve mais de 13.000 visualizações, então a palavra chave "sistema respiratório" aparece primeiro na busca, mesmo que busquem por "sistema respiratório aves".

    Em breve faço um das aves, ok?

  • Anônimo

    Confesso que não entendi muito bem a diferença na respiração dos testudines pros outros répteis. Me pareceu tudo igual :~

  • A característica principal da respiração dos testudines é a necessidade da movimentação dos músculos dos membros (patas). Para movimentar as vísceras por completa e pressionar o pulmão, o animal precisa estar se deslocando, movimentando.

    Os demais répteis como os crocodilianos respiram com auxílio da movimentação das vísceras também, porém, o pulmão deles não fica preso acima como fica nos testudines, e as vísceras se movem e não estão associadas com os músculos das patas, elas se movem por si só..

  • Anônimo

    muito bom seu post, me ajudou bastante com um trabalho da escola!!!

  • Que bom que gostou! Obrigado pelo seu comentário, amigo(a) anôniom(a).

  • muito legal entendi tudo

  • Que bom! :D

  • Anônimo

    adoreii mim ajudou bastante :)

  • Que bom! :)

  • Anônimo

    Gostei muito da sua explicação mim ajudou bastante em um trabalho de escola do ensino médio ;)

  • Anônimo

    E te achei interessante ;) kk brincadeira.

  • Anônimo

    Ah meu nome é ALEXIA. Então estava assistindo uns videos seus só que encontrei dois, bonito seu trabalho ;) (uma forma de registrar quem sou)

  • Anônimo

    impressionada coom a sua paciência!! alguns comentários me dão preguiça só de ler e vc responde a todos direitinho parabéns e sucesso!!!

  • Faz parte, amiga anônima! haha

  • Que bom! Fico feliz!

  • Muito obrigado, Alexia! :D

  • Anônimo

    Bom, legal mais pena que nao entendi

  • Anônimo

    Então são dois!

  • Ficarei feliz em ajudar vocês a entenderem a respiração de répteis e anfíbios.
    Me contatem pelo formulário logo abaixo ou pelo face.

    Abração!

  • Adorei, conteúdo fácil de entender e as imagens ajudaram bastante!

  • Que bom Aníbal!

  • Anônimo

    nao tem sobre anfibios crocodilianos… q eu vi

  • A respiração das testudines é dependente dos membros por suas costelas serem fundidas? E a causa delas não respirarem de barriga para cima é devido a posição dos pulmões e a falta de outros movimentos musculares?

  • Anônimo

    Ótimo post!!! Bem explicativo e confiável :D

  • Obrigado!

  • Não existem anfíbios crocodilianos. :D

  • Exatamente, SilvaK!