Após me graduar recentemente em Ciências Biológicas, modalidade Licenciatura, ao invés de me inserir no mercado de trabalho como profissional bióloga em empresas privadas, públicas, ONGs, etc, ou começar uma pós-graduação, decidi fazer uma segunda graduação.  E talvez muitos de vocês estejam pensando “nossa não deve ter tido uma boa experiência na biologia e decidiu ingressar em outro curso”. Correto? Não!

Minha experiência na biologia foi fantástica, extremamente engrandecedora e por isso mesmo resolvi cursar também o Bacharelado em Ciências Biológicas. EPA! “Como assim bacharelado? Por quê? Qual a diferença entre um e outro?” Essas são as perguntas que mais ouço a respeito. E se você também não sabe as respostas, vem comigo que te conto.

Apesar da grade de biologia ser presidida pelo MEC e conselhos de biologia, cada universidade tem livre arbítrio para estruturar a grade curricular do curso oferecido de acordo com o que julga ser adequado ao mercado de trabalho, compatível com a missão e valores da instituição, além de custo benefício para a instituição.

Visto isso, a instituição de ensino onde estudei tem a grade de licenciatura voltada principalmente para as áreas da biologia pertinentes ao que é lecionado na educação básica e muitas, muitas cadeiras de educação – pois essa é a expertise dessa universidade. Em contraponto matérias de biotecnologia, ecologia aplicada, assim como outras áreas da biologia mais específicas, como, por exemplo, biologia marinha, são apresentadas apenas na grade curricular do bacharelado.

Sendo assim me sinto melhor preparada e mais ética com meu trabalho expandindo meu conhecimento e cursando as duas modalidades.

licenciatura ou bacharelado1

Muitos não veem necessidade disso e optam por um ou outro, é algo pessoal. Mas ressalvo aqui que acho bem mais interessante essa complementação, pois o bacharelado aprofunda um pouco mais na biologia em sim e a licenciatura da um grande suporte à educação ambiental e divulgação científica (assunto para um post futuro).

Mas e o que o Conselho Federal de Biologia – CFBio diz a respeito?

Nesse tópico entra um medo frequente de quem cursa ou pretende cursar apenas licenciatura: “vou ter de ficar preso somente à sala de aula?”. E a resposta é tchan… tchan…tchan… NÃO!

Conheça nossos cursos online!
Clique aqui.

Como dito anteriormente, essa foi uma decisão pessoal, caso eu cursasse apenas a modalidade licenciatura poderia tanto lecionar em escolas de educação básica e curso técnico, quanto trabalhar em laboratórios, campo etc (veja as áreas de atuação do biólogo), desde que no meu currículo escolar de graduação constasse 2.400 horas/aula de temas referente à biologia (aqui não entram as matérias de educação, como, didática, metodologia de ensino de ciências, entre outras).  Essa quantidade de horas aulas é válida apenas para quem obter seu diploma de Licenciado em Ciências Biológicas até dezembro de 2015. Para quem se graduar a partir de janeiro de 2016 em diante essas horas/aulas aumentam para 3.200. 

Se no seu currículo acadêmico não tem essa quantidade de horas, você ainda pode complementá-lo cursando disciplinas eletivas e/ou isoladas, estágio extracurricular e projetos de extensão. Para informações mais precisas sobre tal complementação entre em contato com o Conselho Regional de Biologia de sua jurisdição. Você pode ver outras informações referentes ao curso de biologia no ebook Tudo Sobre o Curso de Biologia.

É importante salientar que só obter o diploma de graduação não lhe permite atuar como biólogo, para tanto você deve obrigatoriamente possuir registro no CRBio de sua região. Pois é, o conselho que irá orientá-lo e fiscalizá-lo no exercício legal da profissão. Veja a resposta que o conselho deu para a pergunta “Por que devo me registrar no CRBio?”: 

Deve se registrar porque a Lei nº 6.684/79, que regulamenta a profissão de Biólogo, estabelece que o exercício profissional somente será permitido se você portar a Carteira e a Cédula de Identidade Profissional de Biólogo(a), expedida pelo Conselho Regional de Biologia da jurisdição onde mora. E só poderá realizar suas atividades profissionais em qualquer modalidade de relação trabalhista ou empregatícia, e participar de concursos públicos, se estiver registrado(a).

Não deixe de ver as outras perguntas frequentes que o CRBio responde.

Bom, esse foi um post inicial sobre o assunto, se houverem dúvidas mais específicas sobre o tema ou caso vocês queiram mais detalhes sobre o tema, deixe nos comentários. Sua sugestão pode virar um post ;)

P.S: Ao ingressar no curso de biologia não deixe de conversar com algum conselheiro do CRBio, assim você ficará muito mais inteirado de seus direitos e deveres como profissional biólogo e já saíra na frente. Afinal, conhecimento extra é sempre bem-vindo!

licenciatura ou bacharelado

Abraços!