Olá pessoal!

Este é o meu primeiro post aqui no EQB, e resolvi compartilhar com vocês um material muito bacana disponibilizado gratuitamente pela USP, o livro “Astrobiologia: uma ciência emergente”, uma área de pesquisa recente que vem ganhando espaço no estudo da origem da vida no universo. O Guellity já falou sobre ela aqui, vale a pena dar uma conferida.

A Astrobiologia estuda três questões principais, que todos nós já fizemos em algum momento da nossa vida:

  • De onde viemos?
  • Para onde vamos?
  • Estamos sozinhos?

O prefácio deste livro é feito pela PhD Lynn J. Rothschild, cientista sênior do Centro de Pesquisas da NASA. Ela comenta sobre o interesse crescente que o Brasil tinha na criação de um Programa de Pesquisas com Astrobiologia, que culminou em 2011, na filiação do nosso país como parceiro internacional do Instituto de Astrobiologia da NASA!

Nas palavras da própria pesquisadora: “Cada vez que vou ao Brasil, fico impressionada com o entusiasmo da comunidade, tanto de cientistas como estudantes, sendo os últimos uma grande promessa para o futuro da astrobiologia no país.” O Brasil é um dos parceiros afiliados do Instituto de Astrobiologia da NASA desde 2011.

O livro, lançado em agosto de 2016, é uma compilação de textos de vários autores, especialistas em diferentes áreas, e está organizado de forma linear, iniciando por uma apresentação sobre a temática e seguindo pela sequência de eventos que ocorreram, desde o surgimento do Universo (com a formação dos átomos e interações entre as moléculas, ainda no ambiente espacial) seguindo pela origem química da vida na Terra, até os avanços na busca por vida extraterrestre, além do futuro da vida no nosso próprio Planeta.

Dada a escassez de materiais sobre a Astrobiologia, principalmente em português, os pesquisadores do Núcleo de Pesquisa em Astrobiologia da Universidade de São Paulo, responsáveis pela organização do livro, esperam contribuir para o aumento de trabalhos e de pesquisadores brasileiros interessados em se aventurarem pelos caminhos desta ciência multidisciplinar.

Eles ainda completam: “Sejam os novos exploradores do Universo e não se esqueçam – o conhecimento só faz sentido se puder ser compartilhado e vivenciado em toda sua riqueza humana!”

Para baixar o material acesse o link:
http://www.tikinet.com.br/iag/default.asp

Para saber mais sobre a Astrobiologia:

COMPARTILHAR
Artigo anterior9 espécies novas nomeadas em homenagem à Barack Obama
Próximo artigoOperon LAC: O que é, exemplos e importância
Laís Grossel
Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade do Contestado campus Mafra, SC; Mestranda em Zoologia Aplicada pela UFPR. Apaixonada pela Biologia e suas várias áreas, gosta de aventurar pelos mistérios do Universo, descobertas da Paleontologia e Teorias da Evolução. Como pesquisadora tem interesse na Mastozoologia, com ênfase na diversidade, ecologia e fisiologia de mamíferos.