Tudo sobre o curso de biologia - perguntas e respostas

COMO É O CURSO DE BIOLOGIA?
O curso de biologia ou ciências biológicas é, como o próprio nome diz, voltado para o estudo e compreensão das mais variadas formas de vida no planeta.

Ao longo da graduação, seja licenciatura ou bacharelado, o estudante cursará diversas disciplinas focadas no conhecimento biológico e suas relações com todos os elementos bióticos e abióticos, como por exemplo, anatomia humana, biologia celular, biologia molecular, ecologia, invertebrados, vertebrados, imunologia, genética, bioestatística, fisiologia animal e vegetal, morfologia vegetal, botânica, entre outras, além da disciplina de iniciação científica, ou outras semelhantes, no qual o acadêmico aprenderá a importância da pesquisa científica, bem como a importância da escrita científica e a publicação de artigos.


O curso ainda oferece aulas práticas em laboratórios diversos (genética, micologia, botânica, imunologia, etc) e também aulas práticas em campo, para coleta de dados de animai ou vegetais (ecologia, invertebrados, vertebrados, morfologia vegeta, etc).

QUANTOS ANOS DURAM O CURSO DE BIOLOGIA?
O curso de biologia dura em média 8 semestres (4 anos). Porém, existem casos em que o curso de licenciatura dura apenas 7 semestres, ou licenciatura e bacharel são juntos e o curso pode passar dos 8 semestres. Porém, na maioria das universidades, os cursos duram nessa faixa de 4 anos.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE O CURSO DE BIOLOGIA LICENCIATURA E BACHAREL?
O biólogo que se tornará bacharel tem uma grande curricular voltada para o conhecimento mais afundo da pesquisa científica. Esse curso, foca na formação do biólogo pesquisador, que terá como mercado de trabalho diversas áreas e ou setores responsáveis por realizações de pesquisas, como órgãos do governo, empresas e ainda ONGs ambientais.

Já o curso de licenciatura, formará biólogos capacitados para dar aulas e atuar em meios sociais. O biólogo licenciado pode fazer tudo que o biólogo bacharel faz e ainda pode dar aulas para ensino médio e fundamental. O biólogo bacharel deve fazer um mestrado e então poderá dar aulas em universidade, ou, se quiser dar aulas em ensino fundamental e médio, deverá realizar um pouco do curso de licenciatura, estudando as disciplinas voltadas à educação.

QUAL É O PISO SALARIAL DO BIÓLOGO?
O deputado federal Danrlei De Deus Hinterholz, criou umprojeto de lei em maio de 2013 para regularizar a profissão do biólogo em relação à jornada de trabalho e piso salarial. Ele propôs que o biólogo deve ter 36 horas semanais de jornada de trabalho e o piso salarial fixo de 5 salários mínimos. Infelizmente até hoje, esse projeto de lei não foi aprovado!

Não existe piso salarial e sim recomendação do CFBio que sugere valores de honorários. O CFBio publicou a Instrução nº 04/2007, que dispõe sobre proposta (sugestão) de Tabela de Referência de Honorários para Biólogos (hora/trabalho). Sugerindo o valor mínimo da hora/trabalho para quatro grupos, de acordo com os anos de atividade efetiva após a graduação e a evolução profissional. Vale lembra que a referência de honorário destina-se ao Biólogo prestador de serviço autônomo e portador da Anotação de Responsabilidade Técnica – ART respectiva.

O QUE É ART? PRA QUE SERVE?
Anotação de Responsabilidade Técnica – ART. A Resolução CFBio nº 11/2003, estabelece que toda a prestação de serviço, (estudo, projeto, pesquisa, consultoria, perícia, parecer, relatório, laudo técnico, planos de gestão e quaisquer outros serviços na área de Biologia ou a ela ligados), realizados por pessoa física, ficam sujeitos a ART, que deve ser efetivada no Conselho Regional, em cuja jurisdição for exercida a atividade.

COMO E QUANDO DEVO OBTER A ART?
A ART é individual e por serviço prestado. Então, toda vez que o biólogo for realizar uma atividade profissional deverá obter a ART. Em até 30 dias da data do início da prestação de serviço ou do exercício do cargo/função. As ARTs apresentadas fora do prazo ficam sujeitas à aplicação da multa prevista na Resolução CFBio nº 126/2007.

O QUE É TRT? PARA QUE SERVE? COMO E QUANDO DEVO OBTER O TRT?
Termo de Responsabilidade Técnica (TRT). A Resolução CFBio nº 115/2007 estabelece que a Pessoa Jurídica (PJ), cuja finalidade básica ou o objeto de sua prestação de serviço esteja ligada à Biologia e que tenha Biólogos em seus quadros, está obrigada à inscrição e registro no Conselho Regional de Biologia (CRBio), em cuja jurisdição exerça suas atividades. A inscrição da PJ no CRBio implica em nomeação de um Biólogo Responsável Técnico por meio de TRT. A TRT deve ser efetivada no Conselho Regional, em cuja jurisdição for exercida a atividade.

O BIÓLOGO PORTADOR DA TRT PODE SOLICIAR O REGISTRO DE ARTs?
Sim. São dois procedimentos distintos, pois o TRT vincula o Biólogo como Responsável Técnico de área(s) das Ciências Biológicas junto a uma Pessoa Jurídica, enquanto que a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) é registrada para a execução de um determinado trabalho.


QUANTO GANHA UM BIÓLOGO LICENCIADO E UM BIÓLOGO BACHAREL?
O biólogo bacharel ganha um salário, em média, entre R$ 2.500 a R$ 3.500, dependendo do local de trabalho. Muitas empresas de consultoria ambiental pagam valores próximos dos R$ 3.000,00 ou às vezes até muito mais, dependendo da quantidade de trabalho a ser realizado e a disponibilidade do biólogo. Porém, existem dezenas de concursos espalhados por todo o país que pagam muito bem, como por exemplo, o concurso do ICMBIO que pagará quase R$7.000,00 para biólogo recém-formado, atuando como analista ambiental. Existem centenas de ONGs que pagam este valor também. O biólogo licenciado, que atua nas escolas de ensino fundamental e médio, ganha entorno de R$2.500,00 tendo uma jornada de trabalho de aproximadamente 20 horas semanais.

Porém, quando o biólogo, bacharel ou licenciado, investe em pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado) os salários aumentam muito. Por exemplo, professores doutores de universidades federais, ganham em média R$10.000,00  para darem aulas e mais outros valores por realizarem pesquisas. Mestres, que dão aulas em universidades particulares, principalmente, ganham entorno de R$7.000,00.  Mas, se você quer ser mestre e doutor mas não quer dar aulas, existem ótimos empregos de pesquisadores em diversos órgãos do governo, como o IBAMA, ICMBIO, Instituto Butantan, empresas farmacêuticas, laboratórios de análises de DNA, Embrapa Gado de Corte, Embrapa Pantanal, Embrapa Cerrado e diversas outras Embrapas (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), que não só estuda melhoramento genético de animais e plantas, mas também atua na conservação da biodiversidade. Diversos geneticistas trabalham nas Embrapas, e ganham muito bem, assim como diversos biólogos especialistas em fármacos, biologia celular e molecular, bioquímicos, etc.

Existem concursos que pagam muito mais, como por exemplo, para perito federal ou estadual, onde o salário inicial, para recém-formado, ultrapassa os R$12.000,00.

QUAIS SÃO AS ÁREAS DE ATUAÇÃO DO BIÓLOGO?
Existem três grandes áreas de atuação dos biólogos:

1. Meio ambiente e biodiversidade
2. Saúde
3. Biotecnologia e produção

Essas áreas são divididas em várias outras, totalizando quase 100 áreas de atuação para os profissionais biólogos, um campo muito amplo.


QUAIS ÁREAS SÃO AS MAIS RECONHECIDAS E QUE PAGAM OS MAIORES SALÁRIOS PARA BIÓLOGOS?
As áreas que atualmente estão se destacando são a Genética, Biotecnologia, Farmacologia e Bioquímica. Estas áreas atuam principalmente no desenvolvimento de produtos melhorados geneticamente, para produção de alimentos, por exemplo, ou ainda, nas áreas de produção de remédios, e, ainda, na produção de combustíveis, como o etanol e biodiesel. Diversas empresas nestes setores estão surgindo, e, devido à demanda das indústrias e o consumo constante, biólogos estão se destacando e ganhando muito bem.

Os salários variam muito. Não sei dizer quanto um chefe de laboratório numa empresa de produção de biodiesel, por exemplo, pode ganhar, mas com certeza ganha muito mais que R$10.000,00. Se o biólogo for dono de uma empresa, os ganhos são inquestionavelmente ainda maiores.

O QUE FAZ O CONSELHO FEDERAL DE BIOLOGIA (CFBIO) E O CONSELHO REGIONAL  DE BIOLOGIA (CRBIO)?
Os Conselhos Regionais foram criados para regular, orientar e fiscalizar a atividade profissional. São entidades criadas e fiscalizadas pelo Conselho Federal, órgão hierarquicamente superior: dele emanam resoluções para os Regionais. Os Conselhos Regionais têm seu espaço de atuação delimitado por resoluções emanadas do CFBio. Muitas vezes, estão impedidos legalmente de fazer mais pela profissão, senão estarão invadindo a área de outras instituições, como associações e sindicatos.

TODO BIÓLOGO PRECISA TER REGISTRO NO CRBIO?
Não! Porém, é interessante que todos tenham, para que possam atuar em todas as áreas que são regulamentadas pelo CFBIO e CRBIO. Se um biólogo quiser atuar em diversas outras áreas e ele não tiver o registro em seu respectivo conselho, ele não poderá atuar, e, se for pego atuando de forma ilegal, as multas são grandes.

PORQUE DEVO ME REGISTRAR?
Deve se registrar porque a Lei nº 6.684/79, que regulamenta a profissão de Biólogo, estabelece que o exercício profissional somente será permitido se você portar a Carteira e a Cédula de Identidade Profissional de Biólogo(a), expedida pelo Conselho Regional de Biologia da jurisdição onde mora. E só poderá realizar suas atividades profissionais em qualquer modalidade de relação trabalhista ou empregatícia, e participar de concursos públicos, se estiver registrado(a).

Acessem o site do CFBIO e saibam mais! Não deixem de ver o site do CRBIO da sua região:
CRBio-01, abrange os estados de São Paulo (sede), Mato Grosso e Mato Grosso do Sul; 
CRBio-02, abrange os estados do Rio de Janeiro (sede) e Espírito Santo;
CRBio-03, abrange os estados do Rio Grande do Sul (sede) e Santa Catarina; 
CRBio-04, abrange os estados de Minas Gerais (sede), Goiás e Tocantins e o Distrito Federal; 
CRBio-05, abrange os estados de Pernambuco (sede), Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas e Sergipe; 
CRBio-06, abrange os estados do Amazonas (sede), Acre, Amapá, Pará, Rondônia e Roraima; 
CRBio-07, o estado do Paraná (sede).

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário