• Anônimo

    Qual é a diferença da dentição dos peixes òsseos para os cartilaginosos

  • Olá! Bom, a dentição dos cartilaginosos é renovada com mais frequência do que a dos ósseos. Por exemplo, os tubarões possuem um grande sistema de produção de novos dentes, no qual funciona como uma esteira, iniciando de dentro para fora a produção dos dentes. Por exemplo, no interior da maxila e mandíbula do tubarão existem vários dentes em processor de formação, formando várias fileiras de dentes que estão se desenvolvendo, até atingirem o tamanho do dente normal do tubarão. Veja nesse link como funciona exatamente a produção de novos dentes nos tubarões:

    http://euquerobiologia.blogspot.com.br/2011/11/reposicao-dos-dentes-nos-tubaroes.html

    As raias possuem também várias fileiras de dentes, porém são dentes muito pequenos devido seu meio de alimentação ser basicamente filtrador.

    Já as quimeras possuem apenas 6 dentes grandes, não tendo um processo complexo de produção de dentes como os tubarões.

    Os peixes ósseos possuem a dentição simples, onde os dentes são substituídos quando caem pelo processo normal de alimentação. Podem possuir dentes grandes e afiados como o peixe Cachorra e a Piranha, ou possuir dentes muito pequenos parecendo uma "lixa" no caso dos peixes de couro como Jaú, Pintado, Cachara.

    Espero ter ajudado!

  • Anônimo

    muito legal

  • Guilherme Henrique

    e quanto a circulação dos peixes ósseos?

  • A circulação do peixe ósseo é fechada. Sabe o que é uma circulação fechada? Simples, uma circulação que está dentro dos vasos sanguíneos (veias, artérias e capilares).

  • Anônimo

    doida
    e quanto a respiração?

  • Resumindo, a respiração é bem simples e comum. Com exceção dos peixes pulmonados, os demais peixes respiram através da constante corrente de água que passa pelas brânquias, onde no momento do contato da água com o tecido branquial rico em vasos sanguíneos, há a passagem de oxigênio por difusão. É claro, que envolvem alguns outros processos, mas resumindo é isso.

    Se quiser mais detalhes é só pedir :)
    Abraço!

  • Anônimo

    a diferença entre a reprodução??

  • Anônimo

    vc ajudou muito mas como e a respiracao dos peixes osseos

  • Leia acima.

  • muito bom… me ajudou muito!

  • Que bom Eliane, fico feliz por isso!
    Conte comigo sempre que precisar.

    Abração!

  • Anônimo

    Perfeitooooooo amei mt ' sem fla qq ajudoo tipo demaais haha obrigadooo *–*

  • Anônimo

    e a excreçãao ???

  • Que bom! Se precisar de mais ajuda é só entrar em contato.

  • A excreção de ambos é parecida quando comparados cartilaginosos e ósseos dulcícolas. Porém os peixes cartilaginosos em sua maioria são marinhos, então a excreção muda muito. Os animais marinhos são hipotônicos, ou seja, possuem conteúdo salino menor que do ambiente (mar) e retém mais água.

    Se possuem menos soluto, eles tendem a perder água o tempo todo, já que ela flui do meio menos concentrado para o mais concentrado, correto?

    Para tentar reverter essa situação, eles possuem a capacidade de reter uréia, um importante soluto. Cerca de 2% do sangue contendo uréia possibilita que a pressão osmótica do sangue seja pouco maior que a do mar. Isso faz com que a água tenha tendência a entrar e não sair do peixe.

    Como estão sempre sujeitos a perder água, sempre há necessidade de obtê-la. Os peixes marinhos conseguem obtê-la por meio da ingestão da água marinha que é absorvida no intestino juntamente com os sais. Os sais em excesso são eliminados por brânquias e via urina altamente concentrada em solutos.

    Nos peixes dulcícolas os sais ficam retidos por meio de vários mecanismos, como as brânquias capazes de filtrá-los e também nefrons bem desenvolvidos que reabsorvem mais sais, onde a água é retida com facilidade. Ao mesmo tempo a urina destes peixes é pouco concentrada em solutos e rica em líquidos principalmente água.

    Ficou claro?
    Espero que tenha entendido, qualquer coisa, entre em contato por email ou facebook que utilizo figuras para te ajudar a entender melhor.

    Abraço!

  • Anônimo

    muito bom

  • Anônimo

    Obrigada me ajudou muito!!

  • Anônimo

    Nossa gostei muito desse site …

  • Anônimo

    O Guellity ajudou todo mundo!!

  • Anônimo

    E muito….

  • Que bom, fico feliz em ter ajudado você!

  • Obrigado!

  • De nada!

  • Que bom amigo(a), fico feliz que tenha gostado e te ajudado. Conte sempre com o EQB. Abraço!

  • Anônimo

    Muitooo obrigada!! Tenho prova amanha e isso me ajudou bastante

  • Qual é a diferença entre a reprodução ?

  • em vc podia me ajudar como e a repiraçao dos peixes cartilaginoso

  • quem nada melhor o peixe cartilaginoso ou o ósseo?

  • quem nada melhor o peixe cartilaginoso ou o ósseo?

  • Valeu! o

  • Jucinam, não existe uma divisão entre peixes cartilaginosos e ósseos em termos de natação. Esses grupos evoluíram de formas diferentes. Então, se a seleção natural/evolução seleciona as características que permitem maior sucesso reprodutivo e perpetuação da espécie, automaticamente estes dois grupos de peixes estão adaptados aos seus ambientes específicos. Não podemos comparar os dois, porque a maioria das espécies evoluíram em ambientes diferentes e possuem habilidades de natação diferentes onde cada um nada bem em seu ambiente específico.

  • Existem muitas, Maria! Não sei te explicar todos, mas, os peixes são muito parecidos em termos de reprodução.

  • De nada! Que bom que ajudou! :D

  • Anônimo

    Olá, quanto ao sistema digestório dos dois… qual a diferença ?

  • Olá, tudo bem?
    Não existem muitas diferenças, pelo que sei. Porém, devem existir certas peculiaridades também, mas isso exige um conhecimento muito específico sobre este tema, que eu não tenho. :/